PT
ENG
Mark Tobey
Mark Tobey
Mark Tobey (1890-1976) foi um dos precursores do abstraccionismo norte-americano.
Sempre distinguido pela crítica ao longo da sua carreira, galardoado, em 1958, com o Prémio de Pintura na Bienal de Veneza,  tornou-se (após Whistler) o segundo pintor norte-americano a receber este prémio.
O primeiro contacto de Tobey com o casal Arpad e Vieira, que com o tempo se transformaria numa sólida relação de amizade, foi precedido pela aquisição de uma obra de Vieira na exposição desta artista na Galeria Marian Willard em 1946 organizada por Jeanne Bucher, que mais tarde também viria a interessar-se pela pintura de Tobey.
Relativamente a Arpad, Tobey constatou que partilhava com ele reais afinidades no seu permanente esforço de despojamento em busca de uma verdadeira riqueza interior.
O convívio dos três artistas ao longo da vida certamente contribuiu para o enriquecimento dos mútuos processos de criação.
Da exposição, inserida no âmbito das comemorações do 10º aniversário da criação da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, constam 29 obras sobre papel de diversas técnicas (têmpera, sumi, monótipia).
VOLTAR
© Copyright FASVS 2010 | Design by MOZO