PT
ENG
Quatro olhares sobre a cidade
Quatro olhares sobre a cidade
32 obras (pinturas e desenhos) cujo tema é Lisboa, ilustram "Quatro olhares sobre a cidade", exposição integrada no programa da primeira semana de cultura e contemporaneidade, organizada pelo Centro de Estudos dos Povos e Culturas de expansão Portuguesa da Universidade Católica.
Lisboa, cidade natal de uns e de eleição de outros, está intimamente ligada à obra de quatro artistas: Almada, Bernardo Marques, Botelho e Vieira da Silva.
De Almada Negreiros (1893-1970) foram expostos estudos para os frescos das Gares Marítimas de Alcântara (1943) e da Rocha do Conde de Óbidos (1947), emblemáticos de Lisboa e considerados como as obras principais da sua pintura e de toda a pintura portuguesa moderna da primeira metade do Século XX.
Na obra de Bernardo Marques (1898-1962) Lisboa tem um lugar privilegiado. Nos desenhos monocromáticos dos anos 50, as imagens citadinas que transcreve são apontamentos do seu quotidiano, de notável invenção formal.
Indissociável de Lisboa é também a obra de Carlos Botelho (1899-1982), representada ao longo da sua vida de formas diferentes, por vezes idealizada de memória.
Lisboa tem também um papel fundamental no processo criativo de Vieira da Silva (1908-1992). É esta cidade que se advinha nas suas paisagens e perspectivas urbanas, e a memória cromática da cidade e dos seus azulejos que se revela na sua obra.
VOLTAR
© Copyright FASVS 2010 | Design by MOZO