PT
ENG
Contemporâneos de Vieira da Silva e Arpad Szenes na Colecção Berardo
Contemporâneos de Vieira da Silva e Arpad Szenes na Colecção Berardo
A notável colecção Berardo permite uma visão abrangente do desenvolvimento da arte internacional do século XX, que tem início nos primórdios do modernismo e vai até às mais recentes criações artísticas contemporâneas.
Curiosamente, a primeira aquisição da Colecção foi a obra de Vieira da Silva, "Composition" (óleo/tela de 1948). A escolha desta pintura feita em Paris, depois de Arpad Szenes e Vieira da Silva terem regressado do Brasil, deveu-se ao interesse do coleccionador, o Comendador José Berardo, pela Escola de Paris, pela pintura não figurativa e por uma nova abstracção.
Foi o início da aquisição de um conjunto de obras essenciais do período do pós-guerra francês. A maioria dos artistas desse período, trabalharam ou mantiveram uma relação de amizade com Arpad Szenes e Vieira da Silva, pretexto que esteve na génese desta exposição. A estes artistas (como Soulages, De Stäel, Manessier, Germaine Richier) juntaram-se outros como Torres-García, Mark Tobey ou Dubuffet, por quem ambos tinham grande admiração.
VOLTAR
© Copyright FASVS 2010 | Design by MOZO