PT
ENG
Vieira da Silva: desenhos anatómicos (1926 - 1927)
Vieira da Silva: desenhos anatómicos (1926 - 1927)
Desde os cinco anos Vieira da Silva passava horas a desenhar; não se considerava dotada mas sim obstinada.
Antes de partir para Paris, julgando que tanto essas obras como quase todas as que realizara na sua juventude não tinham qualidade, destruiu tudo. Excepção feita aos desenhos anatómicos.
No ano lectivo de 1926 - 1927, a pintora inscreveu-se na cadeira de Anatomia da Escola Médica de Lisboa que, nessa época, podia ser frequentada pelos alunos de Belas-Artes.
Henrique Vilhena, ainda hoje considerado um dos grandes mestres daquela Escola, foi seu professor. Compreendendo o temperamento introvertido dessa sua aluna, o Mestre não só a incentivava, elogiando os seus desenhos, como lhe facultava ossos para que pudesse analisá-los e desenhá-los na tranquilidade do seu atelier – tranquilidade que sempre foi indispensável ao trabalho de Vieira.
O interesse da artista pela anatomia prendia-se não só com o estudo da estrutura do corpo humano mas também com a possibilidade de examinar o interior dessas formas.
Mais tarde, Vieira da Silva diria ter-se libertado do vício de copiar os grandes mestres, tão comum aos jovens artistas, através da anatomia, que lhe revelou a arquitectura secreta das formas.
VOLTAR
© Copyright FASVS 2010 | Design by MOZO