PT
ENG
Matisse. Lettres Portugaises. Cartas portuguesas de Mariana Alcoforado
Matisse. Lettres Portugaises. Cartas portuguesas de Mariana Alcoforado
“Não faço distinção entre a construção de um livro e a de uma pintura e parto sempre do simples para o complexo, ainda assim estou sempre disposto a recriar a partir da simplicidade”. Henri Matisse, Comment j’ai fait mes livres, 1946.

Na sequência das exposições "Jazz" de Matisse (1996) e "Constellations" de Miró (1998), a Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva tem o prazer de apresentar Lettres Portugaises, litografias de Henri Matisse criadas para as célebres cartas de amor escritas por Mariana Alcoforado, a religiosa de Beja, ao Marquês de Chamilly, na segunda metade do século XVII.
É compreensível que Matisse se tenha apaixonado pelas Lettres Portugaises da religiosa de Beja. E da sua profícua colaboração com o editor Tériade nasce uma edição preciosa das Cartas Portuguesas.
VOLTAR
© Copyright FASVS 2010 | Design by MOZO