PT
ENG
Vieira da Silva | Arpad Szenes e Rupturas do espaço na arte brasileira
Vieira da Silva | Arpad Szenes e Rupturas do espaço na arte brasileira
Maria Helena Vieira da Silva e seu marido Arpad Szenes viveram no Rio de Janeiro de 1940 a 1947 como refugiados da Segunda Guerra. No Brasil formaram um círculo de amizades. A exposição discute o papel fecundo da obra do casal no diálogo com a arte contemporânea brasileira e suas possíveis extensões ao contemporâneo: a azulejaria e a introdução da malha cubista, reunindo artistas brasileiros como Tarsila do Amaral, Alfredo Volpi, Lygia Clark, Fernando Lemos, Antonio Manuel, Ivens Machado e Adriana Varejão. A Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva está associada à iniciativa. O Instituto Tomie Ohtake convida a explorar essa vereda divergente da via de mão única idealizada como rota do modernismo brasileiro.
VOLTAR
© Copyright FASVS 2010 | Design by MOZO