PT
ENG
História
História

Oferecer a Arpad Szenes e Vieira da Silva, reconhecidos artistas em todo o mundo, um lugar condigno que se dedicasse ao estudo e divulgação da sua vasta e variada obra, foi uma ideia que surgiu em 1985.
Pensado para o nº 3 do Alto de São Francisco, morada de Vieira nos tempos em que vivera em Lisboa com a mãe e local a que sempre regressou com Arpad, aquando das suas estadias em Portugal, o centro de estudos cedo se revelou inviável devido às pequenas dimensões do espaço.
Mas o empenhamento do então Presidente Mário Soares permitiu concretizar esta ideia. E foi assim que Vieira da Silva escolheu ela mesma o local onde viria a ser instalado o Museu e Fundação que a homenagearia e ao qual doava algumas das suas obras e do marido – a Antiga Fábrica de Tecidos de Seda.
Próximo da sua casa, permitindo estabelecer um elo de ligação (que não se veio a verificar) com o futuro Museu e inserido no romântico Jardim das Amoreiras, do qual resta o nome, visto que as 331 árvores que alimentavam o bicho da seda foram integralmente retiradas em 1863, o edifício revelou uma arquitectura simples e harmoniosa, despojada e linear que muito agradou à artista, contribuindo assim para a decisão final.
Neste processo de criação e concretização do Museu Arpad Szenes-Vieira da Silva, finalmente inaugurado no dia 3 de Novembro de 1994, foi fundamental a participação e contributos da Câmara Municipal de Lisboa, que cedeu o edifício, levando a Fundação Cidade de Lisboa a procurar um novo local onde instalar um lar de idosos que para aqui previra, e a Fundação Calouste Gulbenkian, que custeou as obras de remodelação; a nível de investigação, foi fundamental a colaboração da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento.

 

Prémios

2017

APOM Prémio Incorporação (Aquisição de seis obras de Vieira da Silva pelo Estado Português, depósito na FASVS)

 

2016

APOM Prémio Melhor Projecto Internacional (Exposição Maria Helena Vieira da Silva. L'espace en jeu, Musée de Céret, França, 2015)

APOM Prémio Melhor Transporte (Exposição Sonnabend, Paris-New York. Os primeiros 5 anos da Galeria Sonnabend em Paris, 1962-1967, FASVS, 2015)

SPA Prémio Pró-Autor

 

2014

APOM Prémio Melhor Projecto Internacional (Exposição Vieira da Silva Agora, MAM, Rio de Janeiro, Brasil, 2013)

APOM Prémio Melhor Transporte (Exposição Vieira da Silva Agora, MAM, Rio de Janeiro, Brasil, 2013)

 

2011

APOM Menção Honrosa Projecto Internacional (Exposição Percurso Fotobiográfico de Maria Helena Vieira da Silva, Museu Óscar Niemeyer, Curitiba, Brasil, 2010-2011)

 

© Copyright FASVS 2010 | Design by MOZO