PT
ENG
VIEIRA DA SILVA. ARTE POPULAR
Galeria Piso 0
24 Maio 2016 - 25 Setembro 2016
VIEIRA DA SILVA. ARTE POPULAR

Vieira da Silva e a Arte Popular

 

A presença de Portugal na obra de Maria Helena Vieira da Silva faz-se sobretudo através da memória. A viver fora do seu país desde os 18 anos, Vieira da Silva recorre a evocações, de um passado mais ou menos longínquo, para recriar paisagens afectivas na sua busca por um novo caminho plástico. As vistas de Lisboa pintada de memória, cidade reinventada e entrevista em várias cidades sem nome que pintará ao longo dos seus dias, com os seus reconhecíveis azulejos ou fachadas de cores vibrantes, são bem conhecidas.

As festas, as canções de roda, as figuras populares da varina e do pescador, surgem espelhados numa figuração que o exílio no Brasil conjura. A ausência dos entes queridos, em particular da família materna, bem como a ameaça da guerra à cultura urbana europeia, contribuíam para que encontrasse algum consolo ao pintar temas ligados à cultura popular portuguesa como a história trágico-marítima ou as ruas e interiores das suas casas de Lisboa. O apego a temas que remetem para a sua infância, como as bibliotecas, os jogos e o uso privilegiado do azul e do branco, cores que associamos a Lisboa, ilustram igualmente a presença contínua da memória portuguesa na sua obra. E claro, o pontilhado do azulejo que viria a ser uma forma de expressão plástica, mais do que uma alusão temática.

São apresentados alguns desenhos e esboços da sua autoria, alguns inéditos, assim como uma selecção de objectos de arte popular da colecção pessoal de Maria Helena Vieira da Silva e fotografias que testemunham a relação da artista com a sua cidade, Lisboa, e com a arte popular.

VOLTAR
© Copyright FASVS 2010 | Design by MOZO