PT
ENG
ARPAD SZENES E VIEIRA DA SILVA | OS ANOS DO EXÍLIO NO BRASIL 1940-1947
Museu
VOLTAR
13 de 21
Os anos do exílio no Brasil (1940-1947)
OS AMIGOS

Vieira e Arpad desembarcam no Rio de Janeiro em pleno Verão. Instalam-se no Hotel Londres, em Copacabana, mudando-se poucos meses depois para uma pensão no Flamengo, local indicado pelo poeta Murilo Mendes, onde se concentravam artistas, músicos e escritores. Foi aí, em 1941, que o casal iniciou uma discreta vida social e cultural na cidade, marcada por importantes amizades, Cecília Meireles em particular. Arpad e Vieira mudam-se depois para o Hotel Internacional (então já em decadência e transformado em Pensão), no Silvestre, em Santa Teresa, última morada do casal no Rio de Janeiro. O mítico Hotel Internacional, habitado por artistas e intelectuais vindos da Europa ou de outros cantos do Brasil, torna-se um pólo de convívio entre escritores e artistas, muitos deles exilados.

Do seu círculo de amizades fazem parte o poeta Carlos Drummond de Andrade, o pintor Carlos Scliar, Maria Saudade Cortesão, Ruben Navarra, Athos Bulcão, Martim Gonçalves – dito Eros, entre outros.



 

© Copyright FASVS 2010 | Design by MOZO